Suzanápolis realiza exposição que proporciona 'viagem no tempo' para alunos da rede municipal e estadual de ensino.

Suzanápolis realiza exposição que proporciona 'viagem no tempo' para alunos da rede municipal e estadual de ensino.

Parceria entre prefeitura, escola estadual e Faculdade de Pereira Barreto levou conhecimento e os avanços tecnológicos dos últimos tempos.

O projeto Viagem tecnológica entre o passado e o futuro esteve em exposição na última semana em Suzanápolis, o projeto mostrou para alunos das redes municipais e estadual de ensino, o avanço da tecnologia ao longo dos anos como a evolução do Computador e do telefone celular aos dias de hoje.
O projeto é dividido em três momentos. Os alunos conhecem objetos tecnológicos que já fizeram bastante sucesso, mas que hoje estão ultrapassados conhece como será a evolução até 2050 e ainda podem brincar com jogos antigos. “O objetivo é dar um choque de realidade, porque a tecnologia faz parte da nossa vida, inclusive na educação. Nos próximos anos, teremos cada vez mais a inserção de ferramentas digitais para o trabalho dentro da sala de aula”, explica Fred Donadelli, um dos coordenadores da exposição.

No primeiro momento, os alunos passam por um Museu, onde tem contatos com objetos, como máquina fotográfica analógica, que fizeram sucesso no passado, mas que poucos tem acesso hoje em dia. “Muitos não sabem que, até pouco tempo atrás, era preciso revelar um filme, para que eles pudessem ver as fotografias que tiraram. Assim como não sabem o que é uma máquina de datilografia, um mimiógrafo, além de conhecerem modelos antigos de computadores e celulares. Eles ficam sabendo que, mesmo com avanço tecnológico, ainda eram vários os processos envolvidos. Hoje não, eles fazem tudo pelo celular. É um um choque de realidade”, explica Donadelli.

Em um segundo momento, os alunos assistem a uma palestra, tendo como suporte vídeos do canal do Youtube “Você Sabia?”, que reúne curiosidades, histórias e fatos interessantes do mundo. “Falamos do futuro, usando vídeos desse canal, que eles adoram. Pegamos as informações que são divulgadas por esse canal, e fazemos uma analogia do que pode acontecer até 2050”, disse Donadelli.

No terceiro e último momento, as crianças e adolescentes vão até uma sala, onde interagem com jogos antigos de videogame e fliperama. “Temos um simulador de jogos e todos podem brincar um pouco”, afirma Donadelli.

A Secretária de Educação e Cultura Simone de Fátima Barbosa esteve presente na exposição e ressaltou a importância dos alunos conhecerem os objetos que fizeram parte de sua infância. “As crianças de hoje precisam conhecer o quanto os aparelhos tecnológicos como os celulares mudaram ao longo do tempo, foram muitos avanços. Comentou a Secretária de Educação e Cultura.
Estiveram presentes na exposição a Diretoria Da escola Estadual Coronel Ernesto Schmidt Marialba Carneiro, Ednéia Silva e Marilei Agostinho da Rocha ambas coordenadoras da Instituição.
O projeto é uma parceria entre a Prefeitura por meio da Secretaria de Educação, Escola Estadual Coronel Ernesto Schmidt e Faculdades Integradas Urupubungá de Pereira Barreto.

Compartilhar

Comentários

    Nenhum comentário registrado. Seja o primeiro!

Deixar um comentário

Atenção: seu e-mail não será publicado.

ACESSIBILIDADE

Para navegação via teclado, utilize a combinação de teclas: Alt + [ de atalho]

Atalhos de navegação:

Tamanho da Fonte/Contraste
Por Favor, aguarde...